Vale a pena assistir Irmãos Cervejeiros da Netflix?

Irmãos Cervejeiros da Netflix
Irmãos Cervejeiros da Netflix

A Netflix lançou recentemente uma série para o mercado cervejeiro chamada Brews Brothers (Irmãos Cervejeiros). Mas aí você me pergunta:

Vale a pena assistir Irmãos Cervejeiros da Netflix?

Tudo depende das suas expectativas. Assim que eu vi o trailer já baixei bastante as minhas. Isso por que o trailer mostra que a série é aquele tipo forçado de comédia que pretende ser engraçada mas que passa dos limites em vários momentos.

Mas ao mesmo tempo eu vi que tinha umas tiradas, umas piadas, bem pra galera cervejeira e por isso resolvi assistir todos os episódios.

Sinopse

A série conta a história de dois irmãos cervejeiros que não se dão nada bem. Um deles é o Will (Alan Aisenberg), o mais gente boa, hospitaleiro, que toca a cervejaria e o brewpub sem nenhum critério e que justamente por isso não anda nada bem financeiramente. O outro irmão é o Adam (Mike Castle), uma espécie de beer nerd muito chato que vem pedir abrigo para o seu irmão Will e se propõe a ajudá-lo a reerguer a cervejaria.

Irmãos Cervejeiros
Adam, Will e Sarah

O problema é que eles não se entendem, e enquanto o Will tenta ser o cara legal, tentando explicar, por exemplo, pra alguns clientes perdidos que ali não tem cerveja Bud light ou cervejas mainstream, o Adam já chega com o pé no peito mandando a galera embora, e que se eles quiserem cerveja ruim é melhor irem pra outro lugar.

Irmãos Cervejeiros
Adam e Will

Junto com eles, entram em cena mais dois personagens fazendo papel de funcionários da cervejaria. O Chuy (Marques Ray), que carrega todo o esteriótipo do trabalhador latino nos Estados Unidos e faz um papel de que não tá nem aí pra nada, e a Sarah (Carmen Flood) que teoricamente é a mais sensata de todos eles, mas que ao longo da série vai mostrando alguns problemas pessoais.

A cervejaria e o brewpub ficam num barracão em um bairro na cidade de Los Angeles, na Califórnia, e no decorrer da série eles tentam mostrar, em meio às loucuras que vão acontecendo, as dificuldades do setor. Como por exemplo convencer um distribuidor de cervejas a vender as cervejas deles (nos Estados Unidos a venda de cervejas é diferente daqui no Brasil e as cervejarias não podem vender direto para os pontos de venda).

Eles também tentar fazer campanhas de venda de growler, no take away, mas que sempre dá errado por causa do jeito como eles comunicam as campanhas. Entre outras coisas, mas na boa, esse nem é o foco da série.

A ideia mesmo é ser uma série de comédia, só que como eu disse antes, meio forçada.

Mas e então, vale a pena maratonar Brews Brothers?

Cartaz da série Irmãos Cervejeiros

Eu acho que vale, até porque a gente tá com tempo e vez ou outra, se você não for com sede ao pote e cheio de expectativas, pode ser que a série tire umas risadas de você. Se você é do meio cervejeiro então, vai se divertir porque certamente vão rolar momentos de identificação.

Em várias cenas eu confesso que me irritei bastante com alguns personagens e achava tudo muito forçado, com piadas machistas e um tanto desconcertantes, mas como eu disse antes, a ideia é não criar expectativas e assistir a série como quem assiste um filme da sessão da tarde apenas pra passar o tempo e dar umas risadas.

Mas ao mesmo tempo a gente, que trabalha com cerveja artesanal, fica mais uma vez sem uma produção à altura, de qualidade, como gostaríamos de ter, para nos sentirmos mais representados. Quem sabe no futuro não seja feita uma série à altura tendo como fundo o cenário cervejeiro.

Essa primeira temporada tá na Netflix e tem 8 episódios de no máximo 30 minutos cada um. Ou seja, é bem tranquilo pra acompanhar, e no final dá a entender que vai rolar uma segunda temporada.

Bom, eu vou parar por aqui pra não dar nenhum spoiler. No vídeo abaixo eu mostro algumas cenas da série. Aproveite e se inscreva lá no meu canal no Youtube.

Agora abra sua cerveja e coloque no primeiro episódio de irmãos cervejeiros para tirar suas próprias conclusões. E depois de assistir, vem aqui nos comentários me dizer o que achou.

Edson Carvalho

About

Um viajante tão apaixonado por cervejas artesanais que rodou o Brasil inteiro atrás delas e agora dá dicas de onde encontrá-las.

View all posts by

3 thoughts on “Vale a pena assistir Irmãos Cervejeiros da Netflix?

  1. Bom , a série mostra muito bem como é a “cena” cervejeira : Oxy é o que mais representa isso, chato em tudo relacionado a cerveja, sempre acha que as pessoas não entendem de cerveja , mas sua acidez salva a série ( ” IPA é pra quem não tem criatividade, então fiz uma com ácido”). O outro é aquele cervejeiro que acha que sabe fazer cerveja, mas não entende.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.